24 junho 2007

Sub-vida #3 Entrevista a uma candidata a Assistente de Call Center na All You Need Is Work, SA


Como teve conhecimento da nossa empresa?
Tratando-se de uma das maiores empresa de trabalho temporário, conheço-a já há bastante tempo. O meu marido, que trabalha convosco há 3 anos, disse-me que tinham aberto vagas para Assistentes de Call Center e eu, como estou desempregada e achei que seria uma excelente oportunidade de valorização pessoal e profissional, resolvi concorrer.
Descreva-me a sua experiência profissional.
Como referi anteriormente, neste momento estou desempregada. Depois de terminar a licenciatura em Engenharia Aeroespacial, trabalhei cerca de 1 ano na empresa de sondagens Sondex e estive 1 ano e meio na cadeia de restaurantes McMickey’s.
Vejo no seu Curriculum Vitae que tem 2 filhos. O nosso cliente que a contratará, caso seja apurada, é muitíssimo exigente no que diz respeito à pontualidade a à assiduidade. Acha que é capaz de conciliar o seu papel de mãe e esposa com as suas obrigações profissionais?
Compreendo a sua preocupação, mas posso assegurar-lhe que não haverá qualquer problema. Os meus filhos e o meu marido são tudo o que mais amo no mundo, mas, para mim, o trabalho está sempre em primeiro lugar.
Se, por acaso, for seleccionada, passará por um período de 20 dias de formação, que culminará com uma prova de avaliação, que, por sua vez, determinará se será ou não contratada. Esse período não é remunerado. Acha que tem condições para permanecer durante essa fase sem qualquer remuneração?
O dinheiro sendo importante, não é o que mais conta. Quero, sobretudo, pôr à prova as minhas capacidades e evitar, na medida do possível, ter que ocupar os meus dias em funções rotineiras e pouco estimulantes.
Diga-me, numa frase, por que deverei seleccioná-la a si em detrimento de outra candidata.
Sou uma pessoa séria, cumpridora dos meus deveres, persistente quando o que está em causa é atingir objectivos e adoro comunicar.

Sem comentários: